Síndrome do Pensamento Acelerado – Saiba Mais

Doenças Cerebrovasculares
Você Sabe o que São Doenças Neurovasculares?
6 de abril de 2018
Alterações da Memória e Demência na Doença de Parkinson
Alterações da Memória e Demência na Doença de Parkinson
27 de abril de 2018

A síndrome do pensamento acelerado caracteriza-se por uma grande dificuldade pessoal em relaxar a mente, acalmar e organizar os pensamentos, e por uma busca incessante por informações e estímulos.

O excesso de informações, decorrente principalmente do ritmo acelerado dos grandes centros urbanos, satura o córtex cerebral do paciente, produzindo uma mente hiperpensante, agitada, impaciente, com bloqueio criativo e baixo nível de tolerância.

Síndrome do Pensamento Acelerado

Segundo os especialistas em neurologia, a síndrome do pensamento acelerado não trata-se de uma doença, e sim de um sintoma associado a um quadro de ansiedade.

Os principais alvos da condição são pessoas que têm suas tarefas profissionais constantemente avaliadas e um ritmo muito acelerado de trabalho, sem poder parar um segundo sequer para evitar o comprometimento do trabalho, tais como: executivos, professores, profissionais da saúde, jornalistas, entre tantos outros profissionais.

O ritmo alucinante das grandes cidades gera uma sobrecarga de informações e obrigações que afetam a saúde mental de qualquer um. Observa-se, inclusive, que além da síndrome do pensamento acelerado, os quadros de depressão, estresse, síndrome do pânico e nomofobia (medo de ficar sem celular) também sofreram uma elevação nas últimas décadas.

Todo o cansaço mental proveniente da aceleração constante da mente se converte em cansaço físico também, uma vez que há necessidade de o córtex cerebral “tomar para si” a energia que deveria ser direcionada a outros músculos e órgãos do corpo.

Síndrome do Pensamento Acelerado – Sintomas

As pessoas que sofrem da síndrome do pensamento acelerado comumente sentem a sensação de que as 24 horas do dia não são suficientes para concluir todas as suas tarefas. Outros sintomas comuns provocados pela síndrome são:

  • Cansaço ao acordar;
  • Dificuldade para acalmar e organizar os pensamentos;
  • Dificuldade para desacelerar, relaxar;
  • Sofrimento por antecipação;
  • Pensamentos distorcidos;
  • Apreensão persistente;
  • Déficit de atenção;
  • Dificuldade de concentração;
  • Irritabilidade;
  • Prejuízos à memória;
  • Alterações no sono;
  • Instabilidade no humor;
  • Esgotamento ou cansaço físico e mental;
  • Dores musculares;
  • Dores de cabeça;
  • Excesso de estímulos visuais e sonoros.

Síndrome do Pensamento Acelerado – Causas Principais

Uma das principais causas da síndrome do pensamento acelerado é a nossa exposição diária ao excesso de informação, aliada à sociedade de excessos: o excesso de estímulos (uso de celulares e tecnologias, redes sociais, rapidez de informação), excesso de brinquedos, etc.

A ansiedade devido à pressão escolar ou profissional também é uma das causas da síndrome.

A tecnologia é uma ferramenta que favorece muito o aumento dos casos de síndrome do pensamento acelerado: os estímulos e excesso de informações crescem cada vez mais à medida que os aparelhos de televisão, computadores e videogames se popularizam.

As redes sociais, por exemplo, são responsáveis por muitos quadros de ansiedade, devido ao hábito das pessoas de passarem o tempo todo checando suas notificações e mensagens. Além disso, dentro de um curto período navegando na rede social, o indivíduo absorve uma quantidade absurda de textos e imagens, fator que gera cansaço e esgotamento mental.

Síndrome do Pensamento Acelerado – Tratamento

Caso você se identifique com alguns dos sintomas descritos acima, é provável que você seja portador da síndrome do pensamento acelerado. Marque uma consulta com o neurologista de sua confiança, esclareça suas dúvidas e receba as orientações necessárias para dar início ao tratamento adequado.

O tratamento básico da síndrome consiste em controlar os sintomas de estresse e ansiedade do paciente, e estimulá-lo a permanecer mais tempo no presente, vivenciando de fato o presente; afinal, todos nós dedicamos muitos dos nossos pensamentos e preocupações a um tempo que ainda nem mesmo chegou.

Síndrome do Pensamento Acelerado – Saiba Mais
5 (100%) 15 votos
Dr Daniel Azevedo

Dr Daniel Azevedo

Neurologista membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e pós-graduando do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo, no Laboratório de Neurossonologia do Hospital das Clínicas. Possui título de especialista em neurossonologia concedido pela World Federation of Neurology e pela Academia Brasileira de Neurologia. Atua principalmente nos seguintes temas: doenças cerebrovasculares, hemodinâmica encefálica e neurointensivismo
Dr Daniel Azevedo