ambiente-influencia-tdah
O Ambiente Influencia no TDAH?
14 de setembro de 2018
rotina-para-tdah
Rotina para TDAH em Adultos
28 de setembro de 2018

Muitas pessoas se queixam de problemas de memória, pela dificuldade que têm em lembrar diversas informações. No entanto, esta dificuldade está relacionada à lembrança de informações, apenas um dos processos envolvidos neste complexo sistema cognitivo.

Neste artigo, vamos explicar a você o que é a memória, os mecanismos envolvidos na aquisição, no armazenamento e na evocação de informações, assim como os fatores que podem interferir nesta função cognitiva.

Problema de Memória – Saiba Mais

Lapsos de memória podem ocorrer por diversos motivos. A sobrecarga de atividades, a falta de atenção, algumas patologias como ansiedade e depressão ou mesmo doenças neurodegenerativas, como as demências, por exemplo. Mas para compreender porque isto acontece, é importante conhecermos os mecanismos da memória.

Problema de Memória – Os Mecanismos da Memória

A memória funciona por meio de diferentes neurônios em várias regiões do cérebro, com função de aquisição, armazenamento e evocação de informações. Uma série de reações bioquímicas, diferentes para cada um desses aspectos da memória, fazem parte deste processo.

A “entrada no cérebro” é processada por conexões temporárias entre os neurônios. Durante os processos de aquisição e armazenamento de informações, o cérebro seleciona o tipo de memória mais adequado e estabelece classificações para este “aprendizado”, de acordo com o tempo de duração, função e conteúdo.

Para gravar na memória as informações que devem ser mantidas em longo prazo, o cérebro fortalece as ligações entre estes neurônios. Assim, para se lembrar desta informação, basta ativar esses mesmos neurônios.  

Toda vez que lembramos de algo, ou seja, na evocação, estamos reconstruindo este processo de aprendizado e adicionando novas informações àquele arquivo de nossa memória. Assim, quanto mais nos lembramos de algo, mais seremos capazes de recordá-lo novamente.

Problema de Memória – A Capacidade da Memória

Não existe limite no armazenamento de informações. Contudo, pode haver algum limite nos processos de aquisição e evocação, pois o hipocampo, sistema utilizado para essas funções, pode se saturar com rapidez.

Além disso, alguns fatores podem influenciar na forma como o cérebro armazena estas informações, facilitando ou dificultando sua evocação.

Fatores que Influenciam nos Mecanismos da Memória

As informações gravadas na memória permanecem vulneráveis durante um certo tempo após o aprendizado, podendo ser perturbadas por interferências no mecanismo de evocação, assim como no armazenamento deste conteúdo.

A maior parte deste processo de consolidação da memória se completa nas primeiras horas, mas pode se estender por um prazo mais longo, quando envolve alterações físicas na própria organização da memória.

A Qualidade da Experiência

A experiência é o fator que mais estimula a capacidade dos neurônios de adaptar sua estrutura em resposta a estímulos: o que chamamos de plasticidade. A interação com o meio externo, ao modificar o comportamento, está modificando algumas sinapses no sistema nervoso.

Esta modificação na estrutura do sistema nervoso pode acontecer em qualquer período da vida, mesmo após a maturidade.

O Conteúdo Emocional das Informações

O conteúdo emocional das informações recebidas pela memória também afeta a maneira como estas são armazenadas, assim como a facilidade com que são lembradas.

Pessoas recordam mais facilmente eventos em que houve intensa emoção, através da ativação da amígdala, importante componente cerebral no processamento de emoções.

Novos Estímulos

A atividade intelectual continuada e a exposição a situações de novidade facilitam a evocação da memória, pois envolvem a ativação do hipocampo e a liberação da beta-endorfina pelo hipotálamo, um dos peptídeos responsáveis pela modulação da evocação.

Assim, a leitura, a prática de atividades criativas e vivenciar novas situações são atitudes muito saudáveis em termos cognitivos.

Conhecer os mecanismos do funcionamento da memória já é um primeiro passo para uma melhora na sua eficiência. Mas é importante utilizar este conhecimento para treinar a memória. Além de prestar atenção às informações para memorizá-las, precisamos praticar os mecanismos de evocação.

Manter um acompanhamento neurológico frequente também é muito importante para manter o bom funcionamento da memória. Durante o check-up neurológico, é possível identificar falhas nestes mecanismos e iniciar o tratamento precocemente.

Problema de Memória ou Dificuldade para Lembrar?
Vote
Dr Daniel Azevedo

Dr Daniel Azevedo

Neurologista membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e pós-graduando do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo, no Laboratório de Neurossonologia do Hospital das Clínicas. Possui título de especialista em neurossonologia concedido pela World Federation of Neurology e pela Academia Brasileira de Neurologia. Atua principalmente nos seguintes temas: doenças cerebrovasculares, hemodinâmica encefálica e neurointensivismo
Dr Daniel Azevedo

Últimos posts por Dr Daniel Azevedo (exibir todos)