fbpx

Hiperatividade e o Sono – Mútua Influência

TDAH no Mercado de Trabalho
TDAH no Mercado de Trabalho – Aprenda a Ter uma Vida Profissional Satisfatória
11 de outubro de 2019
Mini AVC
O que é o Mini AVC?
25 de outubro de 2019
Mostrar Todos

Hiperatividade e o Sono – Mútua Influência

Hiperatividade e o Sono

Hiperatividade e o Sono. Nem toda pessoa com TDAH sofre com problemas de sono. No entanto, esse sintoma pode vir a ocorrer para algumas pessoas. Estudos realizados sobre esse tema constataram que cerca de metade dos pais de crianças que vivem com TDAH afirmam que seu (a) filho (a) tem dificuldade para dormir.

Relação entre Hiperatividade e o Sono

Os sintomas que os pais notam em seus filhos foi de cansaço logo ao acordar, pesadelos durante o sono, ou outros como apneia do sono ou síndrome das pernas inquietas. Outros sinais comuns dessa relação incluem a dificuldade para iniciar o período do sono. A qualidade dele também diminui pois as crianças dormem menos, e acordam mais durante a noite, resultando numa criança sonolenta durante todo o dia.

Crianças com TDAH apresentam menos sono profundo, além de dificuldade anormal para acordar. Esses sintomas no entanto, não afetam somente as crianças portadoras de TDAH, os adultos também. A diferença é que esses sintomas são geralmente tratados durante a infância, e o adulto com TDAH segue o tratamento apenas dos sintomas caso houver.

Porque o TDAH Afeta o Sono?

Uma das hipóteses levantadas em estudos é que o TDAH causa anormalidades nos neurotransmissores como dopamina e noradrenalina, especialmente por alterações na substância negra. Isto causa um déficit de sua funcionalidade. É esse déficit que pode resultar em distúrbios do sono.

Outro fator que pode influenciar o sono são exatamente os fármacos utilizados nas terapias de tratamento de TDAH. O uso de medicamentos estimulantes utilizados para tratar sintomas de falta de atenção pode se tornar um fator para algum distúrbio do sono aparecer.

Os distúrbios do sono podem não parecer assunto sério, mas acredite, eles são! Quando o sono de uma pessoa com TDAH não é de qualidade, os outros sintomas do distúrbio podem piorar, além de reduzir suas capacidades na escola, no trabalho, na vida social.

Ronco e TDAH

Em alguns casos, as amígdalas e adenoides podem apresentar um volume maior. Isto causa um bloqueio parcial das vias aéreas durante o sono. Este é um dos principais fatores para uma criança roncar ou mesmo desenvolver um distúrbio chamado apneia do sono.

Esse acontecimento pode acarretar em problemas de falta atenção no dia seguinte. Diversos estudos apontam que o ronco é comum entre crianças com TDAH. Além disso, as crianças que roncam são mais propensas a desenvolver o transtorno. Mesmo que ainda não tenha sido possível comprovar que o ronco pode causar TDAH – ou o contrário, podemos considerar que existe uma relação entre ambas as condições.

Hiperatividade e o Sono – Tratamento Qualitativo do Sono

Um procedimento chamado Higiene do Sono é um dos mais eficazes tratamentos naturais para tratar a qualidade do sono. A prática consiste em tarefas regradas de relaxamento para tornar o “sentir sono” um hábito. Assim, o corpo se acostuma com a rotina realizada nas últimas horas antes de dormir e sente sono naturalmente. Na maioria dos casos, apenas a higiene do sono é suficiente para reduzir sintomas como demorar para dormir, para permanecer dormindo ou para retomar o sono ao ser acordado durante a noite.

Toda pessoa que deseja colocar em prática a higiene do sono deve ter um horário certo para dormir, mesmo durante fim de semana, feriados e férias. Além disso, transformar o seu ambiente, para que ele facilite o sono também é favorável para uma adequada higiene do sono. Assim, deixe o seu quarto escuro, apague as luzes e desligue televisores e celulares. Praticar mindfulness também pode ser benéfico.

Quando esta prática não transmite o resultado esperado, é necessário considerar a possibilidade de terapias medicamentosas para solucionar a situação. Neste momento, é imprescindível o acompanhamento do médico neurologista, para a prescrição adequada dos medicamentos.

Hiperatividade e o Sono – Mudança de Hábitos

Evite Cafeína

Evite ingerir alimentos e bebidas à base da cafeína. Para os pais com filhos com TDAH, analise os alimentos escolhidos e retire aqueles que possuem o estimulante em sua composição, seus efeitos são prejudiciais para o sono, principalmente para aqueles que já passam por dificuldades em relação a isso.

Evite Ruídos que Atrapalhem o Sono

Caso você se incomode com ruídos, obtenha protetores de ouvido, ou evite ligar aparelhos que produzam som que possa atrapalhar o sono.

Prática de Atividades Físicas

Evite se exercitar antes de dormir, mas não deixe de praticar, estudos apontam que a prática de exercícios físicos de maneira regular auxilia as pessoas a dormir mais profundamente.

Consulte Seu Médico

Informe ao seu médico sobre os problemas de sono. Ele analisará sua situação, solucionará suas dúvidas e irá realizar alterações em seu tratamento se for necessário. Caso o problema não esteja relacionado a TDAH, como em alergias, asma ou outras condições, ele poderá constatar esse fator e lhe encaminhar para o especialista que trata deste problema.

Referência: WebMD

Dr Daniel Azevedo

Dr Daniel Azevedo em Neurologista SP
Neurologista membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e pós-graduando do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo, no Laboratório de Neurossonologia do Hospital das Clínicas. Possui título de especialista em neurossonologia concedido pela World Federation of Neurology e pela Academia Brasileira de Neurologia. Atua principalmente nos seguintes temas: doenças cerebrovasculares, hemodinâmica encefálica e neurointensivismo
Dr Daniel Azevedo

Últimos posts por Dr Daniel Azevedo (exibir todos)