indicacoes-doppler-transcraniano
Indicações do Doppler Transcraniano na Prática Neurológica
26 de outubro de 2018
o-tratamento-do-avc
O Tratamento do AVC – Saiba Mais
9 de novembro de 2018

A dor de cabeça, na maioria das vezes, indica problemas de simples resolução, como tensão, estresse ou alimentação inadequada. No entanto, existem situações em que a dor de cabeça pode ser uma doença grave, indicando a necessidade de procurar atendimento médico imediato.

Saiba mais sobre estas condições relacionadas à dor de cabeça que necessitam de maior urgência, com a leitura deste artigo.

Dor de Cabeça Pode Ser uma Doença Grave

A dor de cabeça, conhecida na comunidade científica como cefaleia, é um sintoma caracterizado pela dor que afeta a região da cabeça. O problema pode atingir um dos lados da cabeça ou ambos os lados, variando de intensidade, de acordo com o indivíduo afetado e com sua causa.

A dor de cabeça pode ser resultado de estresse, gripe, sinusite, dor de dente, muitas horas sem alimentar-se e desidratação. A ressaca e consumo de alimentos específicos, como café e chocolate, podem também gerar dor de cabeça.

Mesmo que este seja um dos principais motivos de procura por atendimento médico, a maioria das pessoas ainda deixa de investigar as causas da dor de cabeça, chegando a ingerir analgésicos com grande frequência.

Veja a seguir algumas situações em que a dor é um sinal do organismo, indicando que há um problema a ser resolvido o quanto antes.

Condições Neurológicas Graves

A dor de cabeça pode ser uma doença grave, especialmente as condições neurológicas que necessitam de atendimento médico de emergência. Entre as principais causas, estão o AVC, meningite, aneurisma, tumor cerebral e trombose venosa cerebral.

Fique atento: a dor de cabeça forte e inédita, persistente e de piora progressiva, principalmente quando associada a desmaio, crise convulsiva, alteração de comportamento e memória ou de sonolência excessiva, são indicativos desses problemas mais graves.

Dor de Cabeça na Terceira Idade

Mesmo que seja muito difícil de acontecer, quando uma pessoa sente a primeira dor de cabeça após os 55 anos de idade, é necessário ficar atento e buscar o auxílio de um médico neurologista, especialmente se a dor está tornando-se crônica, ou seja, presente em ao menos 15 dias por mês.

Dor de Cabeça Associada à Confusão Mental

Outro caso que demonstra a necessidade de forte atenção é quando a pessoa percebe que o sintoma apareceu juntamente com fraqueza ou dormência em  apenas um lado do corpo, alterações da visão, dificuldade para pronunciar as palavras, confusão mental, febre alta e náuseas.

Uso de Analgésicos em Dor de Cabeça Grave

Nos casos em que a dor de cabeça é muito intensa, recorrer ao uso dos analgésicos ou outro tipo de medicamento que ajude a apenas aliviar a dor, sem tratar a causa do problema, não é suficiente para resolver a condição do paciente.

Tomar o remédio pode apenas aliviar a dor naquele momento, mas apenas ingerir um analgésico pode mascarar os sintomas, atrasar o diagnóstico e ainda causar efeitos nocivos ao quadro.

Quando a dor de cabeça é indicativa de problemas mais graves, que podem levar à morte se não forem rapidamente diagnosticados e tratados, o atendimento médico emergencial deve ser procurado imediatamente.

Quando a Dor de Cabeça Pode Ser uma Doença Grave?
Vote
Dr Daniel Azevedo

Dr Daniel Azevedo

Neurologista membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e pós-graduando do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo, no Laboratório de Neurossonologia do Hospital das Clínicas. Possui título de especialista em neurossonologia concedido pela World Federation of Neurology e pela Academia Brasileira de Neurologia. Atua principalmente nos seguintes temas: doenças cerebrovasculares, hemodinâmica encefálica e neurointensivismo
Dr Daniel Azevedo

Últimos posts por Dr Daniel Azevedo (exibir todos)