Pressão Alta na Gravidez
Pressão Alta na Gravidez – Riscos e Acompanhamento
2 de fevereiro de 2018
Mini AVC
O que é o Mini AVC?
23 de fevereiro de 2018

Os diferentes tipos de dor de cabeça estão entre os problemas de saúde mais comuns do mundo. Todas as pessoas, ao menos uma vez na vida, já tiveram este sintoma. Dores de cabeça rotineiras, na maioria das vezes, resultam de momentos de tensão – 90% dos casos advém de situações de estresse.

Além da tensão, muitos são os fatores que podem estar associados a esses tipos de dor de cabeça rotineiras, tais como: ingestão de bebidas alcoólicas e alimentos, cansaço, fome e postura. Entretanto, existem situações que merecem atenção redobrada, podendo ser até sinal de um AVC.

Quando a dor de cabeça aparece constantemente e não há melhora, é essencial consultar um médico para que um diagnóstico seja realizado, levando em consideração as características da dor: se ela é ou não latejante, a área do cérebro afetada, intensidade, duração, evolução da dor e frequência.

Tipos de Dor de Cabeça

Dor de Cabeça de Tensão

A dor de cabeça de tensão tinge 90% da população, e pode ser consequência de falta de sono e estresse diário, até mesmo em situações comuns, porém frustrantes, como se atrasar para o trabalho. Também pode ser acarretada pela ingestão de álcool e de cafeína.

Essa dor é difusa, e atinge a parte alta da cabeça e a testa. Durantes as crises, o tratamento é realizado através da ingestão de medicamentos apropriados receitados pelo médico.

Enxaqueca

Normalmente, a enxaqueca atinge apenas um dos lados da cabeça e sua duração varia, desde horas até dias, dependendo do caso. Existem níveis extremamente severos de enxaqueca, e nos casos mais graves as pessoas ficam sensíveis quando expostas à luz e barulhos e apresentam visão alterada e/ou embaçada.

Durante as crises, o tratamento é realizado através de medicamentos prescritos por um médico, além das compressas, quentes ou frias, que auxiliam muito na melhora da dor.

Cefaleia em Salvas

A cefaleia em salvas caracteriza-se por uma dor intensa que atinge a região posterior do olho, e apenas um lado da cabeça. É uma dor de pouca duração (varia entre 15 minutos e uma hora); no entanto, é frequente, ou seja, desaparece e retorna, e assim pode persistir por semanas ou até meses.

As causas desse tipo de dor não são totalmente conhecidas, mas o fumo e a ingestão de bebidas alcoólicas são hábitos que devem ser evitados pelos portadores. Alterações na pressão do ar e na temperatura também são possibilidades de causas comuns.

No tratamento da cefaleia em salvas, a maioria das pessoas reclama da ineficácia dos remédios prescritos.

Problemas Oculares

As dores de cabeça advindas de problemas oculares são de intensidade variável, que aparecem somente após esforços visuais e atingem a região da fronte e acima dos olhos. Suas principais causas são as ametropias ignoradas, não corrigidas com óculos ou lente de contato.

A cefaleia consequente de ametropias é prevenida pelo uso de óculos nos momentos de esforço visual. O tratamento deve ser realizado pelo neurologista.

Sinusite

A dor de cabeça consequente de sinusite aparece somente quando há um quadro de sinusite aguda, ou seja, quando ocorre inflamação dos seios da face. A dor é predominante na região da inflamação do seio. Devido a isso, a região afetada do cérebro varia.

A dor de cabeça vem acompanhada de outros sintomas nasais, como entupimento, coriza e secreção.

Dor Causada Por Toxinas

As pessoas que apresentam maiores dificuldades em eliminar toxinas do corpo pela ação do fígado, ou através do suor, urina e fezes, têm tendência a sentir maiores dores de cabeça. Isso ocorre porque as toxinas não eliminadas são capazes de ultrapassar a barreira cerebral, e isso causa a dor.

Dor Causada Por Alimentos

Assim como o jejum prolongado pode desencadear dores de cabeça, existem componentes em alguns tipos de alimento que também podem causar dor em pessoas que têm predisposição (geralmente portadores de enxaqueca). O conteúdo, e a gordura e o teor de tiramina presente nos alimentos podem influenciar neste sintoma.

Ressaca

A dor de cabeça é um dos sintomas consequentes do consumo de álcool excessivo – responsável pela desidratação, queda do nível de açúcar no corpo e dilatação nas veias na cabeça. A ressaca pode durar até 24 horas, e para evitá-la, a recomendação é beber água alternadamente.

Causadores de Dor de Cabeça

Pessoas que apresentam algum dos tipos de dor de cabeça frequentemente devem evitar ao máximo alguns itens que propiciam este sintoma. São eles:

  • Açúcar e cafeína;
  • Tiramina, presente em alguns alimentos, tais como: queijos amarelos, chocolates, vinagre, bebidas alcoólicas, iogurtes, lentilha, amendoim, sementes e algumas frutas (como abacate, banana e frutas cítricas);
  • Glutamato monossódico, substância presente em alimentos processados, embutidos, industrializados e em conserva;
  • Remédios para dores, como aspirina, ibuprofeno e paracetamol (quando ingeridos com frequência, devido ao excesso de medicação);
  • Perfumes com aromas fortes.

Tipos de Dor de Cabeça Que Podem Indicar AVC

Observando algumas características da dor de cabeça, como o padrão, a frequência e a evolução da dor, é possível saber se o caso merece preocupação – principalmente se esta aparecer frequentemente e não houver melhora. Nesses casos, deve-se procurar um médico, o quanto antes.

Existem tipos de dor de cabeça que são indícios de risco de AVC, tais como:

Dor de Cabeça Súbita

É necessário dar atenção para as dores de cabeça repentinas, que em poucos segundos tornam-se intensas: pode se tratar de uma ruptura de aneurisma cerebral, que gera um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

É importante buscar serviço médico com urgência, antes que as sequelas do AVC se agravem.

Dor de Cabeça Incomum

Quando uma dor de cabeça manifesta-se de forma incomum, ou seja, diferente da dor que a pessoa está habituada (mais frequente e/ou mais intensa), é primordial buscar ajuda médica, pois esta pode estar relacionada a um derrame.

Dor Acompanhada de Outros Sintomas

Também é indicado procurar ajuda médica urgente quando a dor de cabeça se manifesta acompanhada de outros sintomas de origem neurológica, tais como: fraqueza nos músculos, confusão mental, alteração visual e dificuldades em falar ou caminhar.

Dor Acompanhada de Determinados Hábitos

Existem alguns hábitos que, quando praticados por pessoas portadoras de determinadas doenças, aumentam a probabilidade da ocorrência de um AVC hemorrágico ou isquêmico, tais como: consumo excessivo de álcool, fumo, pressão alta, sedentarismo, diabetes, uso de entorpecentes e estresse intenso.

 

Conheça os Tipos de Dor de Cabeça
4.9 (98.57%) 14 votos
Dr Daniel Azevedo

Dr Daniel Azevedo

Neurologista membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e pós-graduando do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo, no Laboratório de Neurossonologia do Hospital das Clínicas. Possui título de especialista em neurossonologia concedido pela World Federation of Neurology e pela Academia Brasileira de Neurologia. Atua principalmente nos seguintes temas: doenças cerebrovasculares, hemodinâmica encefálica e neurointensivismo
Dr Daniel Azevedo