Aneurisma Cerebral – Semelhanças e Diferenças em Relação ao AVC

Especialista Neurovascular
Especialista Neurovascular – Conheça as Principais Doenças Neurovasculares e seu Tratamento
13 de dezembro de 2019
Sequelas de um AVC
Quais são as Sequelas de um AVC?
27 de dezembro de 2019
Mostrar Todos

Aneurisma Cerebral – Semelhanças e Diferenças em Relação ao AVC

Aneurisma Cerebral

Aneurisma Cerebral – Semelhanças e Diferenças em Relação ao AVC. Um acidente vascular cerebral ou AVC é uma emergência médica que causa risco de vida, seu acontecimento afeta o cérebro. Este fator faz com que nos perguntemos qual seria a relação com o aneurisma cerebral, já que este também afeta a mesma região. As duas condições são diferentes, mas um aneurisma no cérebro pode resultar num AVC.

Para saber mais sobre as semelhanças e diferenças de aneurisma cerebral e AVC, continue lendo este artigo.

Aneurisma Cerebral

O aneurisma cerebral é uma dilatação anormal de uma das artérias da região. Um aneurisma se caracteriza como uma área frágil na parede de um vaso sanguíneo (artéria), ocasionando uma proeminência que o aumenta de tamanho.

A artéria dilatada é quase sempre localizada no Polígono de Willis, devido ao enfraquecimento local de sua parede. A origem de um aneurisma cerebral pode ser variada, com alguns casos congênitos, gênese associada ao uso de tabaco, traumas na região da cabeça e infecções.

Portanto, se o aneurisma se rompe, ocorre um sangramento significativo no espaço que ele se encontra. Os sangramentos originados pela hemorragia agridem as artérias e causam compressões vasculares (vasoespasmos). Esta é uma situação grave já que o indivíduo poderá ficar sem irrigação em alguma parte do cérebro, inchaço cerebral, falta de circulação sanguínea, correndo risco de morte.

Tipos de Aneurisma Cerebral

  • Aneurismas seculares – eles são formados pela existência de defeito congênito na parede dos vasos sanguíneos, associados aos fatores que causam o aneurisma, como o aumento da pressão arterial.
  • Aneurismas fusiformes – eles são caracterizados por envolver toda a circulação do vaso e formar uma dilatação gradual e progressiva. Podem se estender em grandes segmentos da artéria envolvendo quase toda a sua porção. São decorrentes da deposição de gordura ou cálcio em suas paredes.

Sintomas de um Aneurisma Cerebral

Aneurismas que não romperam nem sempre tendem a produzir sintomas. É provável que os sintomas apareçam apenas se o tamanho do aneurisma for grande. O que significa que o aneurisma tem um alto risco de ruptura.

Qualquer pessoa com diagnóstico de aneurisma cerebral que desenvolva sintomas deve procurar ajuda médica o mais rápido possível, pois o tratamento pode impedir uma ruptura.

Um aneurisma cerebral intacto pode produzir sintomas como:

  • Problemas de visão, como visão duplicada;
  • Dor acima ou ao redor dos olhos;
  • Uma pupila dilatada de maneira incomum;
  • Fraqueza ou dormência do rosto;
  • Dores de cabeça;
  • Perda de equilíbrio;
  • Dificuldades de falar;
  • Problemas com o pensamento.

Um aneurisma que se rompeu no cérebro geralmente causa:

  • Dor de cabeça extrema;
  • Vômito e Náusea;
  • Torcicolo;
  • Sensibilidade à luz;
  • colapso, convulsões ou coma.

Acidente Vascular Cerebral (AVC)

Um acidente vascular cerebral é uma emergência médica onde o suprimento de sangue para partes do cérebro cessa subitamente, deixando essas partes sem oxigênio e nutrientes. Isso pode causar a morte de tecido cerebral.

Um acidente vascular cerebral pode ser isquêmico ou hemorrágico. O AVC isquêmico se caracteriza por uma artéria que é bloqueada e o suprimento de sangue não atinge mais todas as partes do cérebro. Já o AVC Hemorrágico se caracteriza por um vaso sanguíneo que rompe, e o sangue entra em partes do cérebro onde normalmente não estaria.

Os dois tipos de AVC hemorrágico são intracerebral e subaracnoideo, sendo que no primeiro ocorre sangramento no cérebro. O Subaracnoideo ocorre na superfície do cérebro e o sangue entra no espaço cheio de líquido entre o cérebro e a parte inferior do osso do crânio. Isso é incomum, mas pode ser desencadeado por esforço físico ou mental.

As sequelas do AVC dependem da extensão, da gravidade e da velocidade de tratamento.

Sintomas do AVC

Uma pessoa que está tendo um AVC pode experienciar sintomas como:

  • Rosto caído em um lado;
  • Incapacidade de levantar os braços;
  • Fraqueza ou dormência em um braço;
  • Fala arrastada ou incapacidade de falar;
  • Paralisia completa do corpo ao longo de um lado;
  • Distúrbio súbito da visão;
  • Tontura;
  • Confusão ou dificuldade em entender outras pessoas;
  • Perda de equilíbrio ou coordenação;
  • Dificuldade em engolir.

Veja mais informações sobre o AVC.

Sintomas de AVC e de Aneurisma

Se um aneurisma não rompeu, geralmente não há sintomas. Uma dor de cabeça repentina é a principal semelhança entre um aneurisma cerebral rompido e um AVC que resulta de um coágulo sanguíneo. Saiba Quando a Dor de Cabeça Pode Ser uma Doença Grave.

Segundos depois de um aneurisma cerebral romper, geralmente há uma forte dor de cabeça. Outros sinais e sintomas podem diferir entre o rompimento de um aneurisma e um AVC comum.

É essencial procurar ajuda médica se alguém tiver um sinal de derrame ou ruptura de aneurisma, pois ambos podem ser fatais.

Referência: Healthline

Artigo Publicado em: 5 de dezembro de 2017 e Atualizado em 20 de dezembro de 2019

Dr Daniel Azevedo

Dr Daniel Azevedo em Neurologista SP
Neurologista membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e pós-graduando do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina Universidade de São Paulo, no Laboratório de Neurossonologia do Hospital das Clínicas. Possui título de especialista em neurossonologia concedido pela World Federation of Neurology e pela Academia Brasileira de Neurologia. Atua principalmente nos seguintes temas: doenças cerebrovasculares, hemodinâmica encefálica e neurointensivismo
Dr Daniel Azevedo
Compartilhe: