Alimentos que Pioram o TDAH – O que Devemos Evitar para Viver Melhor com o Transtorno

TDAH e Insônia
Compreenda a Relação entre TDAH e Insônia
10 de janeiro de 2020
Estado de Hiperfoco no TDAH
Estado de Hiperfoco no TDAH – Como Lidar com o Excesso de Concentração
31 de janeiro de 2020
Mostrar Todos

Alimentos que Pioram o TDAH – O que Devemos Evitar para Viver Melhor com o Transtorno

Alimentos que Pioram o TDAH

Alimentos que Pioram o TDAH - O que Devemos Evitar para Viver Melhor com o Transtorno

Alimentos que Pioram o TDAH – O que Devemos Evitar para Viver Melhor com o Transtorno: O TDAH, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade é uma síndrome que afeta intensamente a rotina de qualquer paciente, principalmente quando são crianças, uma vez que há a dificuldade de obtenção de sucesso nos estudos e em sua vida social. Elas podem enfrentar problemas para se concentrar nas lições ou terminar os trabalhos de casa por exemplo.

Essa dificuldade tende a permanecer no adulto, abrangendo as novas tarefas e responsabilidades da idade em que ele se encontra. Estima-se que mais de 7% das crianças e 4% a 6% dos adultos têm transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). O TDAH é um distúrbio do desenvolvimento neurológico sem cura conhecida. Por isso, qualquer tratamento caseiro ou medicinal, pode fazer a diferença na rotina de um paciente.

Saiba mais sobre o assunto com a leitura completa do artigo.

Alimentos que Pioram o TDAH – Saiba Mais

Como o TDAH Interfere nos Adultos

O que é o TDAH?

O que é o TDAH? O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e freqüentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. Ele é chamado às vezes de DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção). Em inglês, também é chamado de ADD, ADHD ou de AD/HD.

 

Assim como as crianças, os pacientes adultos também precisam minimizar os sintomas do TDAH para conseguir viver com eles. Na fase adulta, esses sintomas afetar uma maior gama de áreas, como relacionamentos e locais de trabalho.

Ter relacionamentos bem-sucedidos e carreiras satisfatórias, focar e finalizar projetos é necessário e esperado no trabalho. Coisas como esquecimento, inquietação excessiva, dificuldade em prestar atenção e pouca habilidade auditiva são alguns dos sintomas de TDAH que podem tornar desafiadores os projetos de finalização e prejudicar o ambiente de trabalho de quem tem o transtorno.

Alimentos Para Evitar e Melhorar os Sintomas de TDAH

Algumas abordagens tradicionais de gerenciamento de sintomas como evitar certos alimentos pode ser benéfico para o dia a dia dos portadores de TDAH. Apesar da patologia seguir sem cura, existem algumas conexões interessantes entre os comportamentos de TDAH e certos alimentos que indicam que manter uma Dieta Saudável e Equilibrada é importante. É possível também que, ao evitar certos alimentos se note uma amenização dos sintomas de TDAH.

Químicos

Alguns pesquisadores descobriram que pode haver uma ligação entre corantes alimentares e hiperatividade. O estudo ainda está sendo realizado, mas neste momento, alguns alimentos já se encontram na lista. Um deles são os corantes artificiais coloridos, que estão presente em produtos como:

  • Pasta de dentes;
  • Vitaminas;
  • Bebidas esportivas (como isotônicos);
  • Doces;
  • Cereais com sabor de frutas;
  • Molho de churrasco;
  • Frutas enlatadas;
  • Lanches de frutas;
  • Pós de gelatina;
  • Misturas para bolos.

Corantes e Conservantes

Em dos procedimentos da pesquisa, foi combinar corantes alimentares sintéticos com o conservante benzoato de sódio, a partir disso, foi constatado um aumento no sintoma de hiperatividade. Esse componente pode ser encontrado em bebidas carbonatadas, molhos para salada e condimentos.

Açúcares Simples e Adoçantes Artificiais

O açúcar ainda não foi confirmado como um fator desencadeante dos sintomas da hiperatividade. Mesmo assim, limitar o açúcar na dieta de sua família faz sentido em termos de saúde no geral. Procure qualquer tipo de açúcar ou xarope nos rótulos dos alimentos para consumir menos açúcares simples.

Alimentos que Pioram o TDAH

Alimentos que Pioram o TDAH – O que Devemos Evitar para Viver Melhor com o Transtorno

Salicilatos

Esta é uma substância natural abundante em maçãs vermelhas e outros alimentos saudáveis, como amêndoas, cranberries, uvas e tomates. Salicilatos também são encontrados na aspirina e em outros medicamentos para a dor. Essa substância piora os sintomas daqueles que são alérgicas a ela.

Alérgenos

Como os salicilatos, os alérgenos podem ser encontrados em alimentos saudáveis. Mas eles podem afetar as funções cerebrais e desencadear hiperatividade ou desatenção se o seu corpo for sensível a eles. Talvez seja benéfico considerar cortar este tipo de alimento – um de cada vez – os oito principais alérgenos alimentares:

  • Trigo;
  • Leite;
  • Amendoim;
  • Nozes;
  • Ovos;
  • Soja;
  • Peixe;
  • Marisco.

A Cafeína é um estimulante natural que favorece a produção de dopamina no cérebro. Saiba Como as Bebidas Cafeinadas Interferem no Transtorno.

Os cientistas da pesquisa recomendam testar o corte de cada alimento separadamente e prestar atenção nas possíveis mudanças nos sintomas, para assim, formar a dieta mais adequada para o seu tratamento. Lembre-se de consultar seu médico de confiança caso deseje seguir esse procedimento.

Mais Informações na Internet

Referência: Harvard Health Publishing

Dr Daniel Azevedo
Compartilhe: